Inventei uma dor


Inventei uma dor
E um presságio
Me anuncia
Que ninguém festeja aqui
Inventei uma solidão, uma carta
Baratinada
Inventei uma confissão
E um pecado
Peregrina
Inventei um deserto e lá me lancei
De calor e de medo
De ilusão
Criei.


.............................
# Poema constante de "Partida de não dizeres" (Editora Substânsia, 2015), de Vitória Régia (o poema)
________________________

Comentários

OS 10 POSTS MAIS VISITADOS DOS ÚLTIMOS 30 DIAS

ÚLTIMO GRITO CONTRA A ESCURIDÃO

CONSUMAÇÃO

POEMAS DE PEDRO DU BOIS

VIAJANDO NA MADRUGADA

O PIANO

SOMBRAS E SOBRIEDADE

ÁVIDA FLAMA INCESSANTE

SERTÃO

CATILINA